Albino na Lavina

Você chegou, Albino na Lavina.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Business das palavras

Havia um pequeno vendedor, de pequenas palavras, em uma pequena cidade.
Após tanto vender palavras, ele cresceu. Seu negócio produziu e rendeu. Acabou por transferir a sua vida para a cidade, pois lá poderia vender muito mais. Vendeu, vendeu e vendeu. Suas palavras hoje tomam conta do mundo.


No começo, ele tinha medo de vender algumas palavras - pois algumas pessoas não usavam-as com responsabilidade ou comprometimento. Indignos de tais.
Mas hoje, já não se importa mais tanto: eu apenas vendo. Não existe garantia de quem compre mereça-as.
"Te amo." é a que mais vende, afirma o empresário. 
Descobri algo interessante com esse trabalho, mas por favor, cá somente entre nós, para não diminuir minha clientela: essas palavras e definições, só complicam o que não é de complicar. Tudo isso, só um olhar iria demonstrar.
That's just business.

Um comentário:

  1. curti! u.u
    me segue lá...
    endereço: secretsofagothic.blogspot.com

    ResponderExcluir